Alectomia, a diminuição das abas do nariz

Alectomia, a diminuição das abas do nariz

Quando as asas do nariz são motivo de incômodo para o paciente pela largura, assimetria, ou, ainda, pela abertura nasal ao sorrir, a redução de base alar pode ser uma opção. O procedimento, popularmente conhecido como alectomia, pode ser feito de maneira isolada ou como parte de uma rinoplastia. Por isso, o otorrino especialista é o profissional indicado para elaborar um plano cirúrgico que resultará em um nariz harmônico e natural.

Como funciona a redução de base alar?

O principal objetivo da alectomia é diminuir a largura alar — o tamanho das asas do nariz. Para isso, parte do tecido adiposo e da pele é retirada e o restante é reposicionado. Além disso, são corrigidas as assimetrias existentes.

Redução de base alar na rinoplastia

Como parte de uma rinoplastia, a redução de base alar é um dos últimos passos da cirurgia e as incisões são feitas na columela e nos sulcos alares. Além das asas, nesse caso é possível corrigir também problemas na estrutura do nariz, no dorso e na ponta.

Redução de base alar isolada

Para que a redução de base alar seja realizada de maneira isolada o nariz deve ter proporções harmônicas com o restante da face, de maneira que apenas as bases alares se destaquem e/ou destoem do conjunto.

No caso da redução de base alar isolada, a anestesia pode ser apenas local com sedação superficial do paciente, o que não exige internação. A recuperação também é mais rápida.

Cuidados após o procedimento

Apesar de mais simples, a redução de base alar isolada também apresenta riscos e deve ser realizada por profissional habilitado, para que não haja retirada excessiva de tecidos e consequente deformação do nariz. Evitar a exposição ao sol e evitar atividades físicas são recomendações para os dois tipos de procedimento.

Utilizar protetor solar e realizar o acompanhamento posterior com o otorrino também são cuidados essenciais para um resultado satisfatório.

Tempo de leitura: 2 minutos

2 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu